quando o futebol sai de campo

Da redação da AdNews, tirei essa matéria.  Ela mostra como o futebol é travado dentro e fora de campo.

A reta final do Campeonato Brasileiro 2009 reserva surpresa fora dos campos para o ano que vem. De acordo com a coluna Radar On-line, da revista Veja, a Globo pode mudar o nome do Brasileirão para “Campeonato Brasileiro da Petrobras”. A estatal negocia um patrocínio com a emissora para conseguir a mudança.

Caso o negócio seja fechado, a Petrobras vai desembolsar R$ 15 milhões, embora ainda seja complicado acreditar que o público se acosume a chamar o tradicional Brasileirão de outra forma.

Mudanças
A Globo já tentou alterar as regras deste mesmo campeonato, o maior do Brasil. Em outubro, a emissora travou disputa com a CBF – Confederação Brasileira de Futebol – para modificar a fórmula de disputa do torneio, que desde 2003 é por pontos corridos, para mata-mata. A disputa gerou polêmica de interesses.

Alegando queda em sua audiência, a Globo queria convencer o Clube dos 13 a apoiar o retorno do mata-mata. A emissora teria oferecido valores de cotas mais altas aos clubes e em troca quer que eles convençam a CBF a mudar o regulamento do campeonato. Ricardo Teixeira, presidente da entidade, não aprova a volta da disputa em mata-mata.

dá pra confiar?… o retorno

Tempos atrás escrevi esse post.  Ele fala sobre alguns dados que são, no mínimo, dúbios a respeito do mercado de forma geral.

Capa da Folha de Hoje.  Petrobrás anuncia pacote de investimentos recorde.  Mais de US$170bi até 2013.  Pelo amor de Deus, não estou acusando a Folha de São Paulo de nada.

Mas um leitor mais atento pode pensar.  Crise por todos os lados, todos os tipos de empresas mandando todo mundo que podem embora.  A outra anunciou mais de 10mil demissões ao redor do globo ontem.  Bancos pedindo pinico, montadoras, desmontando.  E a Petrobrás anunciando caminhões de dinheiro de investimento?

Como todo otimista eu sempre acredito que na crise é que precisamos investir, ou ser mais ousados, ou, como eu ouvi ontem de um famoso dono de agência de propaganda.  “o segredo do meu sucesso?  acidente na pista eu acelero”.  Daí a ver essa notícia, penso em duas possibilidades:
– Petrobrás querendo reverter os “equívocos” do ano passado e recuperar terreno perdido
– Nosso querido esquerdista querendo manter a idéia de: aqui sentiremos apenas uma marola?

Obrigado Melissinha

Obrigado Melissinha