acabaram as desculpas para não vender

Que vendas é a alma do negócio, todo mundo sabe.  Mas sair vendendo, desordenadamente, sem controle, sem método é a maior besteira que você pode fazer.

É necessário ter organização nas vendas.  Por exemplo:
Responda rápido:
– quanto você vendeu o mês passado
– em que estágio do ciclo suas vendas costumam se perder?
– quem são e quantos são seus clientes mais lucrativos, quanto eles dão de lucro?
– quais são seus clientes que mais dão prejuízo? por que eles dão prejuízo?
– quais clientes você pode dar um chute no traseiro sem dó?

Como diria meu filho.  Não sabe?  Vai ter que aprender.  Um software de CRM pode te ajudar e muito nisso. Experimente, por 4 meses na faixa, o ICS CRM, e depois o valor é baratinho, dá pra qualquer empresa pagar.  Aliás, eles são especialistas nisso.

E você ainda pode receber umas aulas de um português que entende muito de marketing (eu sei que parece brincadeira, mas não é, existem portugueses inteligentes sim).

_tco

ps: mas o software só será útil se você colocar informações nele.

diferença entre marketing e vendas

Marketing conta uma história que se propaga.

Vendas “supera” a resistência em dizer sim do cliente, é o ato final.  Um complementa o outro, um faz parte do outro.

Se você não pagar o vendedor -por qualquer razão: você chega direto no cliente- então, quem fará o trabalho de vendas?

A única resposta que me ocorre é: seus usuários, seus fãs, clientes.

Ou seja, caso você queira despedaçar sua equipe de vendas, deverá pensar muito bem em como encoragar seus clientes a virarem vendedores.

Capisci?

_tco

o peixe, a agência e os cargos

Comercial x Atendimento.

O que é um, o que é outro?  Tudo bem que isso nunca foi consenso, porém a confusão parece crescer mais e mais.  A verdade é que eles não são a mesma coisa e que um não vive (ou não poderia) viver sem o outro.  No mundo maluco de hoje pode até ser que uma mesma pessoa acumule as duas funções, porém, ainda assim as funções não são iguais.

Comercial:  é o cara que abre portas.  Poxa, eu não conheço ninguém na empresa XPTO, é função do comercial conhecer ou, se não conhece dar seus pulos para tal.

Atendimento:  é o cara que garante a satisfação do cliente.

Em uma agência de propaganda a confusão começa porque, geralmente, nas que tem comercial não tem atendimento.  O mesmo cara acumula as duas funções e, nas grandes que só tem atendimento (porque o comercial fica a cargo dos big-shots), ninguém precisa abrir porta nenhuma mesmo.

O comercial tem skills muito mais de relacionamento puro, usa seu networking em função do trabalho 24 horas por dia.  Já o atendimento precisa conhecer um pouco mais do negócio do cliente (e da agência).  Precisa entender algumas siglas -pra ser bem babaca- e sustentar uma conversa mais densa sobre marketing ou comunicação com o cliente por algum tempo -mas é claro que o atendimento não tem a maestria que tem o comercial, pelo menos não em determinadas áreas.

E a confusão continua porque ao invés dos dois se unirem para aproveitar o que cada um tem de melhor, um fica de rixa com o outro tentando provar que é melhor ou que “esse papo de conhecer o mercado do cliente” é babaquice, o cliente que mesmo é uma loira peituda ou alguém que saiba pedir bons vinhos em um jantar.

No final das contas o atendimento não abre tantas portas quanto um comercial abriria e o comercial, além de não saber o que fazer depois que a porta foi aberta (ou então, de ficar sentado na frente do cliente como um cachorro de padaria, esperando chegar o próximo briefing), fica limitado a um número X de clientes enquanto poderia abrir inúmeras novas contas.

E tão ruim quanto tudo isso são os donos da agência que permitem que isso aconteça.

 

bobo

bobo

 

 

_tco

comercial interativo

A rede Centauro lançou o primeiro comercial interativo. No vídeo, ao clicar no seu esporte favorito, o espectador é direcionado para um outro vídeo, de varejo, que informa algumas promoções do esporte.

É claro que é apenas o primeiro passo e que muito, mas muito mais precisa ser feito. Mas confesso que fiquei muito feliz ao ver essa primeira iniciativa pública, de uma rede como a Centauro.

O comercial está no youtube.