passat 2012

outro filme muito bom… mas, talvez, só quem tenha filho pequeno compreenda…

the entrance

precisa-se criar uma nova categoria para este vídeo. um dos melhores da história. 

cannes festival internacional de criatividade?? tsc tsc tsc

O Cannes deste ano mudou de nome.  Não é mais o Festival Internacional de Filmes de Publicidade e sim o Festival Internacional de Criatividade.

Para alguns é uma simples mudança que visa privilegiar as peças mais criativas, para mim, é uma droga.  Uma droga porque fere a primeira e principal regra do marketing.  Marketing trata de vender mais, para mais pessoas e com maior freqüência.  Já escrevi sobre isso antes mas, para resumir o que eu penso:  quer ver criatividade pura? vá para um atelier, vá para a casa de um artista.

Propaganda em todas as suas formas serve para vender.  O que adianta uma peça incrivelmente criativa que não vende nenhum produto do cliente?

Cannes colocou a criatividade acima da publicidade.  Eu não discuto a importância da criatividade e muito menos da publicidade.  Mas, neste caso, é (ou deveria ser) a criatividade dentro da publicidade. A palvra dentro tem um papel fundamental aqui. É a criatividade para vender, para tornar um produto rentável, afinal de contas essa é a premissa do marketing, não?

Tem gente que defende a mudança apoiado no fato de que muitas campanhas que eram premiadas eram campanhas fantasmas (que nunca foram veiculadas ou que foram veiculadas em canais irrelevantes).  Eu também sou contra isso.  Mas, agora… tá tudo liberado.

__
Tomás

novo job

Kofi Annan -ele mesmo- pediu ajuda das agências de propaganda para  …. salvar o mundo.
“O mundo está acabando, não podemos falhar agora.” Disse o inspirado ex-secretário geral da ONU em seu discurso, quando anunciou a nova campanha.

salvar o mundo

O ex-secretário-geral da ONU – Organização das Nações Unidas – se juntou à ACT Responsible e a rede de agências Euro RSCG para lançar a campanha “Tck, Tck, Tck”, inspirada no som da correria dos ponteiros de um relógio. A ideia é ligar o alarme e alertar ao mundo que o tempo se vai e atitudes devem ser tomadas urgentemente.

A ação quer gerar mídia e atrair holofotes para o encontro que aconteceré em dezembro deste ano em Copenhagen, Dinamarca. Lá, os principais líderes da política mundial estarão reunidos para decidir sobre medidas a serem adotadas para combater o estrago do meio-ambiente pelo homem. “O tempo já chegou. Não temos mais tempo para perder. Se não nos mobilizarmos, as consequências serão catastróficas”, diz Annan

Vencedor do prêmio Nobel da Paz em 2001, o diplomata de Gana está em Cannes para pedir apoio à mídia e comunidade publicitária na difusão da ideia mundo afora.

Plataformas tradicionais e digitais serão bem-vindas na divulgação da mensagem. Este foi o tema da palestra de David Jones, CEO da Euro, que subiu ao palco logo após Annan para explicar como agências e anunciantes podem contribuir.

Ações

Três comerciais foram divulgados durante a palestra. Todos eles com forte apelo emocional e com a participação de cantores, atores, diretores de cinema e outras personalidades.

A partir de setembro, estará disponível um site pelo qual as pessoas possam fazer downloads da música do “Tck, Tck, Tck” e acompanhar notícias sobre a proposta. Jones também citou que agências e anunciantes podem contribuir inserindo logomarca da campanha e ajudar a colocá-la na mídia. As marcas HSBC e GreenPeace foram citadas.

Young Lions

Bob Geldof, cantor e ativista político,  fechou a palestra com um belo discurso, que emocionou o auditório. Geldof apresentou fatos que alertam o quão grave é a situação. Elevação das temperaturas, desaparecimento da fauna ao redor do mundo e o descongelamento de icebergs em várias partes do mundo ganharam destaque. O caminho é sombrio, afirmou.

Sobre Cannes, o ativista comentou a iniciativa da Organização, que propôs aos jovens que concorrem em Cannes pelo Young Lions Competition um briefing sobre meio-ambiente. A peça vencedora pedia que as pessoas sejam ativas e façam algo para ajudar a solucionar o problema ao invés de apenas falar em torno dele.  _AdNews

Será que finalmente poderemos deixar de ser os vilões da história?

_tco

tecnologia libera a criatividade?

spyke lee

spyke lee

Spike Lee, um dos mais influentes cineastas e diretores da atualidade, realizou conferência de imprensa na tarde desta quinta-feira no Festival de Cannes, na França. O Adnews estava lá e, entre destaques, Lee falou sobre o projeto MOFILM, plataforma digital de conteúdo, do qual é um dos apoiadores, e novas formas de convergir tecnologia e publicidade com produção de filmes.

Fiona Bosman, executiva da Nokia, cliente da MOFILM, e Andy Baker, CEO da organização, também estavam à mesa. Lee estava descontraído, brincou com jornalistas, e inclusive disse amar o Brasil.

Ele manteve sua postura de defensor do conteúdo gerado por produtores independentes e fez uma previsão: “anotem esta data (25/06/2009). Alguém que começou nos dias de hoje com um celular na mão será um grande cineasta amanhã”.

Lee considera “maravilhosa” a possibilidade de cada usuário gerar conteúdo. No campo da tecnologia, o cineasta credita isso à explosão digital, que, segundo ele, “libera a criatividade das pessoas” e principalmente dos jovens. Apoiado pela Nokia, Lee e Fiona concluem que este novo movimento é uma boa oportunidade para gerar engajamento entre marcas e pessoas.

O fácil acesso proporcionado pela tecnologia também foi citado. Atualmente, os equipamentos de vídeo são acessíveis e permitem a expansão do modelo. “Não precisamos mais fazer uma faculdade para trabalhar com produção de vídeos”, lembra. O cineasta citou a importância da internet quando o assunto é produzir filmes nesta nova era. Segundo ele, o meio digital abre possibilidades e implementa a qualidade nas criações de conteúdo e informação.

Publicidade

Spike Lee elogiou ainda a qualidade do setor de propaganda no Fesival de Cannes. Afirmou que a indústria de filmes recorre aos profissionais deste mercado por causa da “excelente qualificação” que apresentam. Também reforçou que acredita na sinceridade do meio, já que o setor se baseia em resultados de campanhas, segundo so quais não há como trapacear.

Jurado em Cannes em 2008, o cineasta confessou a dificuldade atuar nesta condição. De acordo com ele, a subjetividade dá o tom num júri e preferências pessoais falam alto, o que pode causar perda de imparcialidade no julgamento.

_Do AdNews

humanitarian lion

A idéia é brilhante.

Toda agência que quiser disputar Cannes tem que propor uma idéia para resolver algum problema do mundo.

Veja o vídeo

_tco

casa do zezinho

Simplesmente fantástico.  Campanha criada pela Almapp para a Casa do Zezinho. A peça ganhou leão de prata em Cannes.

Casa de quem????

A Casa do Zezinho é uma ONG que cuida de crianças “abandonadas”, ou, como diria uma amiga, cuida de crianças órfas de pais vivos.

Localizada no Campo Limpo, São Paulo, SP, a casa cuida de mais de 1.000 crianças que, diariamente, tem atividades extra-curriculares, refeições, etc.  A Casa é liderada pela Tia Dag, Saulo, Dona Ana, Corina, Bia e muitos outros, que dedicam a vida para cuidar destes humaninhos.

Eu ajudo (ou será que sou ajudado?) lá, por isso falo com propriedade, eles merecem.