Jogo Moleque

A Coca-Cola tinha um problema. Não vendia quase nada nas comunidades carentes. É sabido que o mercado era (ou ainda é) dominado pelas chamadas marcas talibãs (aquelas com táticas de guerrilha ou, simplesmente, cópias de má qualidade com preços muito abaixo da média).

Como a Coca-Cola quis mudar isso começou, algum tempo atrás (talvez uns dois anos) a olhar para esse mercado. Eu mesmo participei do planejamento e organização de algumas dessas ações. Eram campeonatos de futebol, distribuição de gifts, enfim, todo aquele oba-oba que estamos acostumados (mas talvez não o pessoal das comunidades).

Depois começaram com algumas ações puramente sociais, divulgando o nome e, agora, coroam com um comercial bem bacana, futebol moleque. Segue o vídeo, vale a pena conferir

até tu paulistão?

Existem no mundo vários campeonatos que levam o nome de seus patrocinadores.  Santander Libertadores, Copa Kia do Brasil.  A mania pegou agora também nos campeonatos regionais.  Além do gaúcho e o mineiro, o paulistão entra na jogada também.

O principal desafio, porém, é que as emissoras não falam o nome completo (paulistão chevrolet), anunciam apenas paulistão, para driblar isso a empresa fará ativações dentro de campo e com a federação paulista de futebol, comunicando o nome nas placas centrais do campo.