Encalhou?

Provavelmente não é porque você não consegue achar a resposta certa.
É quase certo que você está fazendo a pergunta errada.
Quanto mais corretamente você definir seu problema, mais facilmente você irá resolvê-lo.
As pessoas mais bem sucedidas são aquelas que ignoram aquela resposta certa, única e exclusiva e tem a coragem de olhar para todas as possibilidades e definir melhor seus problemas.

gênios são gênios

Eu sou um pouco contrar esses gurus (seja de qual disciplina que ele for).  Penso que eles são muito teóricos e que, invariavelmente, a prática é bem diferente da teoria.

Mas é inegável que muito da prática se começa na teoria, por isso eu sou um pouco contra tais gurus e não totalmente.

Um dos que fogem a regra, pelo menos para mim é o Seth Godin.  Ele é um guru de marketing mas que, além de teoria consegue desenvolver soluções práticas.  Um ou dois anos atrás ele fez uma proposta para uma série de pessoas e eu fui um dos escolhidos (não faço a menor idéia do porquê mas).

A proposta era a seguinte:  Não façam MBA.  Venham trabalhar comigo por um ano, receberão pouco mas aprenderão 100x mais do que no curso.

Eu não tenho a menor dúvida de que isso é verdade, até fiz um post na ocasião.  Uma outra tendência refere-se aos currículos e está aqui:

Can I see your body of work?

Are you leaving behind an easily found trail of accomplishment?

Few people are interested in your resume any more. Plenty are interested in what you’ve done.

The second thing you’ll need to do is regularly note what you produce in a log or find some other way to keep track.

The first thing is more difficult: If the work you do isn’t worth collating and highlighting, you probably need to be doing better work.

 

Me faz pensar bastante… e a você?

Tomás

em homenagem a tim

Que sirva de exemplo a todas as empresas.  Na verdade não só esse como muitos e muitos outros exemplos.

Na era virtual (que já entramos faz muito tempo), qualquer empresa que preste um serviço ruim, que não valorize seu consumidor, ou que o trate como apenas mais um número ou um cifrão, corre sérios riscos de ter esse tipo de publicidade.

 

e a ruffles responde.

Penso que todo mundo aqui viu os posts sacaneando a ruffles por ter mais ar do que saco em sua embalagem.

Até alguns que entendiam de layout fizeram o mesmo.

Mas, o mais impressionante de tudo isso foi a resposta publicada pela empresa nas mesmas redes sociais.  Sensacional, isso mostra uma proatividade incrível da Ruffles.

 

até tu paulistão?

Existem no mundo vários campeonatos que levam o nome de seus patrocinadores.  Santander Libertadores, Copa Kia do Brasil.  A mania pegou agora também nos campeonatos regionais.  Além do gaúcho e o mineiro, o paulistão entra na jogada também.

O principal desafio, porém, é que as emissoras não falam o nome completo (paulistão chevrolet), anunciam apenas paulistão, para driblar isso a empresa fará ativações dentro de campo e com a federação paulista de futebol, comunicando o nome nas placas centrais do campo.

 

tudo começou aqui

Veja o anúncio que deu origem a nova febre da internet.  Mas, principalmente, o processo na agência de propaganda, hilária.

 

Como Luiza foi parar no Canadá (relatos da vida em agência).

 Autor:  

18:35

Atendimento ao telefone:

– O cliente mandou um job pra um vídeo de lançamento do empreendimento. Vou precisar da ajuda de vocês pra reunir algumas informações pro pessoal da criação.

Planejamento (esfregando o rosto):

– Ok, qual o público?

Atendimento (com pressa):

– Olha, o cliente ainda não definiu muito bem, mas disse que é classe AB, mas também é acessível pra classe C que vem crescendo muito e quer um plus a mais: que o vídeo seja inspiracional pra classe D e E, pra reforçar a marca frente a esse público. A estratégia é boa né? Eu e a Marketing de lá fizemos MBA juntas.

Planejamento (cansado demais pra discutir):

– Putz. OK. Qual a verba?

– Não sei.

– A localização do empreendimento?

– Não sei.

– Os diferenciais do empreendimento?

– Não sei.

– Quando ele vai ser entregue?

– Não sei.

18:40

Planejamento (arranhando as paredes):

– Será que rola de ligar pra ele e perguntar então? Senão vai ficar foda definir alguma coisa.

Atendimento (já meio nervosa):

– Olha, não dá porque toda quarta esse horário ele joga tênis com o dono da agência e já saiu. E eu também tenho peeling facial marcado pra daqui 5 minutos, não posso ficar aqui. Olha, faz o seguinte: pensa num direcionamento ousado, mas tradicional… com uma pegada criativa, porém sem fugir muito dos padrões do mercado imobiliário. Ele gosta de humor, mas tem que passar a seriedade da compra de um apartamento. Ah, e também tem que ser requintado, mas numa linguagem acessível ao grande público. Enfim, o de sempre.

Planejamento (sentido uma dor fulminante no braço esquerdo):

– Tá, tá! Qual o prazo?

– Vou pedir pra criação me mandar até sete horas, porque o cliente viaja amanhã cedinho e quer ver antes. Vou enviar pro iPad dele do meu iPhone.

[…]

18:46

Criação ao telefone (Highway to Hell tocando alto ao fundo):

– Cara, o atendimento me mandou um email aqui, cheio de erro de português, pedindo pra fritar um roteiro de VT aqui, tem algum direcionamento aí que possa nos ajudar?

Planejamento (twitando indiretas enquanto fala ao telefone):

– Opa. Bom, a única coisa que deu pra pesquisar durante esse tempo é que a Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família. Lembra que o roteiro tem que ser ousado, mas tradicional… com uma pegada criativa, porém sem fugir muito dos padrões do mercado imobiliário. Ele gosta de humor, mas tem que passar a seriedade da compra de um apartamento. Ah, e também tem que ser requintado, mas numa linguagem acessível ao grande público. Enfim, o de sempre.

Criação (rindo por dentro):

– Belê. Em dois minutos mando pra ela aqui.

[…]

18:50

Email da criação no iPhone:

Ei! Segue o roteiro. Usamos uma super tendência que é que a classe Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família.

Beijão.

PS: que horas você sai do peeling? Minha banda vai tocar hoje naquele barzinho meio rock, meio cult super hypado, vai comigo?

[…]

19:00

Atendimento twitta:

Gente, alguém sabe como dá ctrl c crtl v no iPhone?

[…]

19:15

Boa noite, segue o roteiro com a defeza da criação:

Usamos uma super tendência que é que a classe Classe AB tá investindo muito em lazer, curtir a vida… tipo viagens ao exterior, sabe? E dá muito valor à família.

aguardo retorno.

Atensiosamente,

atendimento.

[…]

19:50

Atendimento ao telefone:

– Ei. O cliente falou que vai chegar em casa, tomar um banho, jantar, ver um filme, aí vai dar uma olhada no roteiro e perguntar pra esposa se ela gosta, fica aguardando aí que pode ter alguma alteração.

Criação (mastigando uma batata fria do McDonald`s):

– Putaqueopariu! É sempre a mesma merda! Manda esse vampiro ser rápido!

[…]

01:05

Email do atendimento:

Encaminhei pra você o retorno do cliente. Ele adorou tudo, só pediu pra mudar a trilha, a direção de arte e o texto. A produtora é aquela do sobrinho dele, então não pode ser um negócio muito difícil de entender.

[…]

09:00

Atendimento ao telefone (desesperada):

Então, ele gostou dessa décima oitava versão, vai ser ela! Vou mandar produzir que a fita tem que estar na globo meio dia!

[…]

11:48

Atendimento ao telefone (histérica):

PELAMORDEDEUS TAMO FUDIDO! O CLIENTE DIZ QUE MOSTROU A FITA PRO CELIDSON, TÉCNICO DE SEGURAÇA DA EMPRESA, E ELE ACHA QUE TEM QUE FICAR MAIS EXPLÍCITO ESSE NEGÓCIO DA VIAGEM AO EXTERIOR!!! MUDA AÍ E INSERE NO ROTEIRO RÁPIDO QUE O CARA DA GLOBO JÁ TÁ FUNGANDO NO MEU CANGOTE E SE EU NÃO GANHAR CONVITE PRA FESTA DELES ESSE ANO A CULPA É SUA!

Criação (resignado):

– Ok.

[…]

11:49

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Tô mudando. Tô pensando em um jeito de encaixar no roteiro aqui.

[…]

11:50

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Tô mudando.

[…]

11:51

Atendimento ao telefone:

– Já mudou?

Criação (puto):

– Já vai porra!

[…]

11:52

Atendimento ao telefone (ensandecido):

– Já mudou?

Criação (puto):

– TÔ MUDANDO CARALHO!

Atendimento chora.

[…]

11:55

Atendimento (por email, que é pra não desgastar):

O cliente não gostou. A mulher dele pediu pra, ao invés disso, colocar uma referência à filha deles, que tá fazendo intercâmbio. Ela mesmo já escreveu por cima e mandou pra produtora. Eles vão enviar a fita pra Globo por lá mesmo.

[…]

18:00

O comercial entra no ar no intervalo da novela.

http://www.youtube.com/watch?v=BVxcWbh9HWE

 

quem sabe sabe.

Parabéns ao redator e a equipe.