posso e devo

Não é porque você pode fazer algo, que você deva fazê-lo.
Essas novas eras, na verdade, desde o fim da era industrial, abriram tantas portas que é muito fácil ficar paralizado diantes delas, sem saber o que fazer.

Na maior parte do tempo, tratamos nossas carreiras como um buffet.  “Me mostre o que está disponível que eu me decidirei”.

Com essa nova revolução (talvaez, até uma eterna revolução), tem tanta coisa nesse buffet que é tentador pegarmos alguma coisa só por conveniência. O melhor é: eu penso para decidir o que realmente importa e, depois, vou fazê-lo.

 

#Tomás

Anúncios

Sobre tomás
Me chamo Tomás Oliveira, 31 anos, paulistano, nascido no Itaim, profissional de marketing e vendas. Tenho um filho de 07 anos, que começa a me desafiar, tentando provar que c* não é palavrão, Torcedor (não mais tão fanático quanto antes) do São Paulo, amante de leitura, cinema e jogar bola, adoro blues, jazz e rock´n´roll e outras coisas mais. Estou aqui para aprender e passar um pouco do que eu aprendi. É isso, acredito que já dá pra ter uma idéia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: