eleições anulam cidade limpa em sp

é só ter um pouco mais de dinheiro envolvido que tudo vai por água, rs

do AdNews…

Placas, cartazes, faixas e até os muros da capital paulista ganharão de volta o colorido da publicidade, mas só durante as eleições. A Lei Cidade Limpa deixará de vigorar no período por decisão do município em conjunto com a Justiça Eleitoral. A informação é de Flávio Ferreira, da Folha de S.Paulo.

Desde a entrada em vigor da lei, que há três anos retirou os anúncios publicitários da cidade, essa é a primeira vez que a propaganda terá a possibilidade de voltar a inundar as ruas de São Paulo.

Durante o período eleitoral de 2008, as dúvidas acerca do decreto levaram os candidatos a desistirem desse tipo de propaganda. Neste ano, Estado e município – através de uma lei promulgada em 2009 – liberaram as intervenções urbanas.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, candidatos a deputado com base de eleitores na capital afirmaram que usarão todas as formas de propaganda agora liberadas, como a pintura de muros e colocação de placas e banners em imóveis particulares.

Esses políticos ressaltam que se a lei proibisse a publicidade eleitoral na cidade de São Paulo eles não teriam as mesmas condições que adversários com redutos eleitorais em municípios onde não há restrições à propaganda.

“Vamos fazer visitas de casa em casa e pedir para colocar banners na porta das casas dos cidadãos”, afirmou o vereador João Antonio (PT), candidato a deputado estadual.

Copan liberado

Legalmente a suspensão da Cidade Limpa só valerá durante o período eleitoral, porém o decreto dá uma nova chance à publicidade de rua graças a um artigo, que permite publicidade em “melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas”. O Copan – um dos principais cartões-postais da cidade – utilizará do artifício para revigorar sua fachada.

Não só os edifícios se veem beneficiados pelas aberturas na Lei. Os táxis voltarão a receber anúncios publicitários, liberados em acordo entre a Prefeitura de São Paulo, SPTuris e a agência de marketing Amigo.

Outro artigo da lei permite “anúncios especiais” – como os de interesse cultural, dessa forma, os táxis exibirão anúncios de ações governamentais em luminosos dupla-face instalados em cima dos carros.

Os carros receberão também pequenas TVs de plasma em seu interior – exclusiva para os passageiros. E, é aí que entra a receita da Amigo, que negocia o conteúdo dos televisores. As únicas restrições são quanto à veiculação de material erótico ou propagandas de bebidas alcoólicas, cigarros ou produtos ilegais.

Com informações da Folha de S. Paulo. Arte publicada na Folha.com

Anúncios

Sobre tomás
Me chamo Tomás Oliveira, 31 anos, paulistano, nascido no Itaim, profissional de marketing e vendas. Tenho um filho de 07 anos, que começa a me desafiar, tentando provar que c* não é palavrão, Torcedor (não mais tão fanático quanto antes) do São Paulo, amante de leitura, cinema e jogar bola, adoro blues, jazz e rock´n´roll e outras coisas mais. Estou aqui para aprender e passar um pouco do que eu aprendi. É isso, acredito que já dá pra ter uma idéia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: