antarctica x kaiser

Já publiquei aqui sobre esses casos.  Quando uma empresa faz uma propaganda mais agressiva em cima de sua concorrente.  Nos EUA isso é muito natural, funciona muito bem.  Aqui no Brasil, ao contrário, os consumidores geralmente ficam do lado da “vítima”.  Mas uma coisa muito importante para essa vítima, é deixar o assunto pra lá pois, quanto mais mexer, mais publicidade irá gerar em torno do assunto e mais e mais a marca agressora será beneficiada.

No mmonline de hoje vi essa matéria.  Vamos ver no que vai dar.

A Ambev estreou na semana passada um comercial para Antarctica que pode render um novo capítulo na polêmica iniciada em novembro pelo “Desafio Kaiser”. O filme “Troca”, criado pela AlmapBBDO, é protagonizado pelo cantor e ator Sergio Loroza e pelo humorista cego Geraldo Magela.

O enredo apresenta Loroza anunciando “o primeiro teste cego de verdade do Brasil” e garantindo que, para isso, “nada melhor que um cego”. Outra alusão clara à concorrente é uma embalagem de cerveja com o rótulo vermelho e um xis branco no lugar da marca. Com a Antarctica em mãos, Loroza e Magela realizam seu teste com bom humor. Enquanto um bebedor garante que “nunca viu uma cerveja tão boa”, o Ceguinho emenda: “Nem eu!”. A Femsa, dona da Kaiser, informou que não vai se manifestar sobre o assunto.

A peça da Antarctica entra em veiculação meses após a Ambev ir à justiça para retirar do ar o filme “Desafio Kaiser”, desenvolvido pela Fischer+Fala, que colocou a marca na lista dos comerciais mais lembrados de novembro, segundo a pesquisa Lembrança de Marcas na Propaganda de TV, realizada pelo Datafolha e publicada com exclusividade por Meio & Mensagem.

O filme apresenta os resultados de uma pesquisa realizada pelo Datafolha e auditada pela Ernst & Young que apontou empate técnico entre Kaiser, Skol, Brahma, Antarctica e Nova Schin. Na ocasião, a Ambev conseguiu uma liminar que impedia a sequência da veiculação, mas poucos dias depois a Femsa conquistou o direito de exibição.

A informação é da coluna Em Pauta, publicada na edição 1395 de Meio & Mensagem, que circula com data de 8 de Fevereiro de 2010.

Tomás

Anúncios

Sobre tomás
Me chamo Tomás Oliveira, 31 anos, paulistano, nascido no Itaim, profissional de marketing e vendas. Tenho um filho de 07 anos, que começa a me desafiar, tentando provar que c* não é palavrão, Torcedor (não mais tão fanático quanto antes) do São Paulo, amante de leitura, cinema e jogar bola, adoro blues, jazz e rock´n´roll e outras coisas mais. Estou aqui para aprender e passar um pouco do que eu aprendi. É isso, acredito que já dá pra ter uma idéia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: