boas idéias dão resultado

Vejam só esse desafio que interessante.

quando o futebol sai de campo

Da redação da AdNews, tirei essa matéria.  Ela mostra como o futebol é travado dentro e fora de campo.

A reta final do Campeonato Brasileiro 2009 reserva surpresa fora dos campos para o ano que vem. De acordo com a coluna Radar On-line, da revista Veja, a Globo pode mudar o nome do Brasileirão para “Campeonato Brasileiro da Petrobras”. A estatal negocia um patrocínio com a emissora para conseguir a mudança.

Caso o negócio seja fechado, a Petrobras vai desembolsar R$ 15 milhões, embora ainda seja complicado acreditar que o público se acosume a chamar o tradicional Brasileirão de outra forma.

Mudanças
A Globo já tentou alterar as regras deste mesmo campeonato, o maior do Brasil. Em outubro, a emissora travou disputa com a CBF – Confederação Brasileira de Futebol – para modificar a fórmula de disputa do torneio, que desde 2003 é por pontos corridos, para mata-mata. A disputa gerou polêmica de interesses.

Alegando queda em sua audiência, a Globo queria convencer o Clube dos 13 a apoiar o retorno do mata-mata. A emissora teria oferecido valores de cotas mais altas aos clubes e em troca quer que eles convençam a CBF a mudar o regulamento do campeonato. Ricardo Teixeira, presidente da entidade, não aprova a volta da disputa em mata-mata.

Smartphone da Dell

O smartphone Mini 3i, da Dell, começa a ser vendido no mercado chinês até o final de novembro pela operadora China Mobile. O aparelho tem previsão de lançamento no Brasil em dezembro e, até então, suas especificações técnicas não haviam sido divulgadas.

Segundo a Dell, o Mini 3i faz parte das plataformas Ophone e Mobile Market e virá com aplicativos pré-carregados para e-mail (139Mail), chat (Fetion) e “mapas digitais para navegação”, além de ser compatível com outros aplicativos criados para o sistema operacional Android.

O Mini 3i será vendido nas cores “Red Passion” e “Oiled Bronze”. Tem uma tela de 3,5 polegadas widescreen sensível ao toque (resolução de 640 x 360 pontos), GPS, Bluetooth, câmera de 3 megapixels com zoom, auto-foco, flash e captura de vídeos, conectividade GSM/EDGE (quadribanda), entrada para cartões microSD de até 32 GB e usa um conector miniUSB. O Mini 3i mede 58,3 x 122 x 11,7 mm e pesa 105 gramas.

A China Mobile é a maior operadora do mundo, com mais de 500 milhões de assinantes. A empresa estima que já existem 180 milhões de assinantes de banda larga móvel no país. Além da China, o Mini 3i será lançado também no Brasil até o Natal pela Claro.

Fonte: Zumo Notícias

j&j assina primeiro parto publicitário

DO BLOG DO ADONIS.

 

Agência que nasceu para criar projetos diferenciados de comunicação, a Babel comemora nesta próxima sexta-feira (20) o ponto alto da série “Toque de Mãe”, da linha Johnson’s Baby, com a apresentação de um parto real. A exibição será na TV Record, durante o programa Hoje em Dia. “É uma nova e pioneira experiência de propaganda colaborativa criada pelas histórias de reais consumidores”, diz Reginaldo Ferrante, sócio-diretor da Babel. O público que acompanha a série poderá assistir o parto de Beatriz, segunda filha de Gabriela, uma das protagonistas da série. “O interessante é que esse novo formato abre mão do merchandising tradicional. Conseguimos levar conteúdo de interesse para nossos consumidores, baseados em experiências reais”, comenta Christina Larroude, gerente de marketing de Johnson’s Baby. A série foi idealizada pelo anunciante em parceria com a Babel e produzida pela Bossa Nova Films. As experiências abordam a rotina da vida de um bebê, como banho, massagem, troca de fralda e hora de dormir, sendo que cada um desses momentos tem a participação de um produto dessa linha Bebê da Johnson & Johnson. “Toque de mãe” é composta por 14 episódios, com dois minutos cada, apresentados semanalmente. Os episódios exibem a rotina de quatro mulheres e seus filhos. A escolha das personagens foi baseada no resultado de entrevistas com 98 mães de várias regiões de São Paulo.

estratégias e resultados

Ontem eu fui comprar o Snow Leopard (novo sistema operacional da Apple).  O programa me custou R$79,00 (aliás, por isso eu o comprei, caso contrário não o teria feito).;

Fui ver o preço do Windows 7 (minha licença alternativa expira em janeiro).  R$700,00.  Sim, quase 10x o preço do outro.

Daí eu penso:  Quem está certo?  A Apple ou a Microsoft.  Meu primeiro pensamento foi para a Apple, afinal, venderia muito mais, é uma empresa “entrante” no mercado (está querendo conquistar outros públicos), enfim …

Acontece que a Microsoft já é consolidada.  E todos os clientes estão p da vida com o Windows Vista, ou seja, não vão hesitar em comprar o novo sistema.  Ou será que vão (como nas propagandas da Apple?).

De qualquer forma, isso é no mínimo curioso … uma diferença de 10x entre dois sistemas operacionais..

Tomás

é, é de tirar o chapéu mesmo.

sim, os publicitários deles são fantásticos

Dispensa comentários