coerência?

É impressionante a quantidade de empresas que não tem um objetivo apoiado por uma estratégia e um plano de ação.   Não estou discutindo aqui nem a qualidade dessa estratégia ou se ela tem sucesso ou não.  O que está me impressionando é o fato destas empresas (e são muitas) sequer terem uma.

Se você pegar uma das queridinhas dos marketeiros, a Apple.  Ela tem uma estratégia constante.  É claro que ela pode ser alterada conforme o vaivém do mercado ou o desconforto de algum dos líderes mundiais.  Mas a personalidade da marca, seus objetivos, estratégias e preceitos estão lá.

Agora, pergunte para uma empresa X (eu não vou dar o prazer a vocês de dizer o nome, até porque ela pode ser qualquer uma então, eu sempre me sairei bem) quais seus objetivos?  Quais são os preceitos que regem seu relacionamento com o mercado, sua postura diante dos clientes, concorrentes, etc.  De novo, as estratégias, o plano de ação e até mesmo o objetivo pode mudar, mas é necessário ter uma coerência e não um monte de ações isoladas que nada dizem e não se comunicam, só criam mais e mais confusão na cabeça do consumidor.

Pra ficar mais fácil.  Neste exato momento estou sentado na fila de espera de um laboratório médico para fazer um exame.  O laboratório foi na onda de muitas empresas e encheu as esperas de televisões com conteúdo do próprio laboratório e generalidades.   Agora, vejam vocês que legal.  Eu acabei de ficar sabendo (hoje é dia 10 de novembro de 2008) que o Brasil, após ter sido goleado pela Argentina, deu a volta por cima e garantiu o terceiro lugar nas Olimpíadas ao ganhar da Bélgica.  O que??  Faz meses que isso aconteceu.  Ok, ok, esse é um exemplo banal, mas mostra a falta total e completa de coerência e uniformidade nos esforços de relacionamento das empresas com seus clientes.  Pô, se é pra ser assim, coloca logo no cartoon network ou então no discovery channel e tá tudo certo, você passa o tempo do freguês e não passa vergonha.

Um jeito fácil de fazer isso.  Compre uma porcaria de um livro de marketing e vá seguindo passo-a-passo.  Muito trabalho?  Me manda um email e me contrata. Sai um pouco mais caro, mas o resultado é ainda melhor.

Ou então, continua fazendo com o português, que vendeu a última televisão pra comprar o video-game do filho.

_tco

Anúncios

Sobre tomás
Me chamo Tomás Oliveira, 31 anos, paulistano, nascido no Itaim, profissional de marketing e vendas. Tenho um filho de 07 anos, que começa a me desafiar, tentando provar que c* não é palavrão, Torcedor (não mais tão fanático quanto antes) do São Paulo, amante de leitura, cinema e jogar bola, adoro blues, jazz e rock´n´roll e outras coisas mais. Estou aqui para aprender e passar um pouco do que eu aprendi. É isso, acredito que já dá pra ter uma idéia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: