mentos kiss fight

Uma das formas de divulgação mais usadas pelas grandes atualmente chama-se: advergame. Algo como jogo publicitário. O conceito é exatamente esse, eu crio um jogo com o mote do produto do meu cliente e saio espalhando por aí.

A idéia é muito boa, faz sucesso. Não é exatamente o tipo de estratégia que eu mais gosto, mas sem dúvida é uma estratégia válida.

Enfim, inspirado no clássico Mortal Kombat, a Mentos lança o Mentos Kiss Fight.

Divirtam-se.

mentos kiss fight

comercial interativo

A rede Centauro lançou o primeiro comercial interativo. No vídeo, ao clicar no seu esporte favorito, o espectador é direcionado para um outro vídeo, de varejo, que informa algumas promoções do esporte.

É claro que é apenas o primeiro passo e que muito, mas muito mais precisa ser feito. Mas confesso que fiquei muito feliz ao ver essa primeira iniciativa pública, de uma rede como a Centauro.

O comercial está no youtube.

uma vírgula muda tudo.

UMA VÍRGULA MUDA TUDO
(campanha de 100 anos da ABI)

A vírgula pode ser uma pausa… ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

Uma vírgula muda tudo.

ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

a nômade do skype

Em uma das reuniões via skype que faço (que nunca dão 100% certo – isso ainda é um problema), vi, o site do Skype, a nômade do Skype. É uma ação que eu achei simplesmente fantástica, de uma moça que sai pelo mundo mostrando todas as formas que é possível se conectar com o mundo através do skype.

Skype Nomade

Ok, ok, programas do tipo mochilão é o que mais tem no mundo, porém, nesse caso, temos algumas coisas interessantes (não sei se batidas, mas me chamaram atenção).

Ela usa a internet e muitos dos seus recursos (blog, fotos, vídeo, chat, o próprio skype) para mostrar o dia-a-dia de sua viagem. Acontecem reuniões (eu acho) aonde as pessoas podem falar com ela. E principalmente, ela mostra como o Skype a ajuda a se manter em contato com os amigos, familiares, etc. Afinal de contas, o Skype está bancando tudo isso e ele, sabidamente, sabe que esse negócio de exposição da marca por exposição já era, que o negócio agora é a intereação. Achei perfeito.

Por falar nisso, meu skype é tomas.oliveira

cada vez mais jovens? cada vez mais cedo?

Ontem meu filho foi passar a tarde, depois da escola, na casa de um amigo. Tudo bem, já estou me acostumando (o moleque tem 03 anos).

No meio da tarde recebo um email do pai deste amiguinho, que se tornou meu amigo. Ele dizia: você está preocupado com o seu filho? Porque ele não está nem aí pra você, e me mandou a foto abaixo.

video-game

Com 03 anos eu não jogava video-game. E olha que eu adorava video-game e comecei cedo. Com 03 anos eu não sabia que dava pra ligar o video-game (que eu nem tinha) online (que nem existia) e jogar com amigos (esses, pelo menos, eu tinha) e fazer campeonatos com pessoas de todo o mundo.

Ok, ok. Justo você que vive pregando essas mudanças vem falar disso agora, está parecendo um velho de 100 anos falando de caixas-eletrônicos, meu leitor mais assíduo (existe algum?) pode pensar.
Eu sei, mas estou dizendo isso justamente para mostrar o impacto que essas coisas têm no dia-a-dia. O marketing mudou, a comunicação mudou, e você?

10 lições do mundo online

li, e achei muito interessante, uma matéria sobre as 10 lições do mundo online. Não vou citar fontes pois chegou até mim sem elas, mas como gostei muito do conteúdo, repasso.

homework

#1 É inevitável, a sua empresa tem mais ouvidos e olhos do que bocas. Use-os

#2 Conquiste opiniões verdadeiras. Não pense que pode comprá-las ou forjá-las.

#3 Não subestime a inteligência de sua audiência. Seja transparente, é o mínimo que você pode fazer pelo seu cosumidor

#4 Saiba o nome das pessoas que geram conteúdo sobre você na web. Leia, responda, convide e respeite.

#5 Não crie ferramentas desnecessárias. Use os canais existentes em suas campahas.

#6 O buzz acontece em conversas paralelas. Valorize o seu conteúdo e não seu website.

#7 Mude a maneira como você mede o sucesso da sua campanha: traffic vs time spent (engajamento).

#8 Entenda que influência e audiência são complementares.

#9 Banners ainda são importante, mas conteúdo é mais. Valorize mais a criação e estratégia do que a compra de mídia.

#10 Bom Conteúdo = Criatividade + Relevância

ganha mais quem… grita mais?

choro

Ninguém está isento disso, infelizmente.  Ainda, no Brasil (e talvez no mundo, não sei), se dá melhor quem grite mais.

Recentemente participei de um treinamento.  Estou falando de uma empresa de renome no mercado online, muito boa mesmo.  Infelizmente, nesse treinametno, só pude ficar 30 minutos e tive que ir embora (o treinamento tinha 08 horas de duração).

No dia seguinte, quando pedi que me dessem um treinamento de crédito, ou pelo menos algum desconto, me falaram que não podiam pois eu já tinha assistido.  Porra, eu assisti 30 minutos, 1/16 do total do curso, e vocês vêm me dizer isso?

(Será que as empresas daqui não podem fazer o que é certo, antes do consumidor ter que ameaçar, gritar, espernear, xingar ….)

Depois de tentar resolver pelos métodos normais, tive que ameaçar ir ao Procon e escrever no meu blog e em todas as colunas que escrevo sobre o caso para ver o que ia acontecer.

Recebi hoje um email dizendo que vão abrir uma excessão e me matricular gratuitamente em um treinamento de minha escolha.  Vê se pode.