a guerra dos mundos

 

Dei um copiar e colar do site do Cavallini (www.coxacreme.com.br), não costumo fazer isso, mas este vale a pena.

 

guerra_dos_mundos

Depois do primeiro post do blog, recebi alguns emails e mensagens perguntando quais seriam as qualidades de cada um dos mundos. Alguns dos emails vieram como críticas ferrenhas dizendo que tal mundo não teria nada a acrescentar.

ATL, BTL e Digital. Eu acho odiosa essa guerra de mundos. Isso já deveria ter perdido o sentido no Brasil, mas como a pergunta ficou no ar e como ainda não existem muitas agências realmente multidisciplinares, vou tentar descrever o que acredito que cada mundo tenha de bom:

 

ATL, representado por agências chamadas tradicionais (termo que já é considerado pejorativo). Os pontos fortes:

Branding: valorizam de verdade branding (e que sabem trabalhar direito quando o assunto é marca)

Estratégia: tirando as exceções, são nas agências tradicionais que encontramos bons planners e metodologias que valorizam o planejamento.

Criatividade: criatividade todo mundo vende, mas são as agências de ATL que valorizam e investem em criatividade, e por isso, as que ainda retém os melhores talentos neste aspecto.

BTL, representados por um punhado de agências de marketing direto, eventos, RP, design, entre outros. Os pontos fortes:

Relacionamento: agências tradicionais e digitais também trabalham relacionamento. Ok, mas conheça de perto o trabalho de uma boa empresa de marketing direto e você vai entender a complexidade do que estou falando.

Mensuração: sim, todo mundo mensura e hoje todos sabem o significado de ROI. Mas lembre-se, mensurar está no mantra de qualquer definição sobre marketing direto.

Tática: as ações que cumprem a estratégia. Quando um anunciante precisa montar um evento para 5 mil pessoas ou uma logística promocional complexa, são as agências de BTL que eles procuram.

Digital, representados pelas agências de web e novas mídias (como mobile). Os pontos fortes:

Interatividade: não preciso defender a importância disso hoje. Também não preciso explicar porque empresas digitais tem esse ponto forte em relação as outras.

Novas mídias: são as empresas digitais que estão mais abertas e capacitadas para explorar novas mídias e inovar sempre, até por característica inerente do meio que trabalham.

Novo consumidor: quem mais entende do novo consumidor é, por enquanto, quem mais se parece com ele.

Operacional: executar, controlar e gerenciar o que foi definido taticamente. Enquanto agências tradicionais tem tráfego, agências digitais tem gerentes de projeto de verdade a muito tempo. Também são as únicas que contém times inteiros voltados para produção, inclusive de sistemas complexos do ponto de vista tecnológico.

Um dos pontos que tenho certeza que vai virar polêmica é não ter incluído “criatividade” para a galera de Digital. Tenho 3 argumentos para explicar. O primeiro é que vejo muita diferença entre criatividade de uma ação do que uma sacadinha para uma peça que vai pra Cannes. Segundo, a maioria das chamadas agências digitais fazem adaptações do conceito que já vem criado do offline. E terceiro, por entender de interatividade e conhecer bem novas mídias, as agências digitais conseguem ousar passando uma sensação de criatividade.

Espero que ninguém fique bravo com minha opinião, não estou dizendo que sua agência não sabe fazer isso ou aquilo, estou apenas pontuando quais são os pontos fortes de uma maneira genérica. Você pode argumentar que também encontramos estes mesmos pontos fortes em tal agência que pertence a outro mundo, mas isso é fácil explicar. Muitas agências já estão evoluindo para um cenário onde a divisão destes mundos perdem totalmente o sentido. É o que o cliente busca, cada vez menos ele quer comprar TV ou Internet ou CRM ou um Website. Cliente quer é comprar resultado.

 

Anúncios

Sobre tomás
Me chamo Tomás Oliveira, 31 anos, paulistano, nascido no Itaim, profissional de marketing e vendas. Tenho um filho de 07 anos, que começa a me desafiar, tentando provar que c* não é palavrão, Torcedor (não mais tão fanático quanto antes) do São Paulo, amante de leitura, cinema e jogar bola, adoro blues, jazz e rock´n´roll e outras coisas mais. Estou aqui para aprender e passar um pouco do que eu aprendi. É isso, acredito que já dá pra ter uma idéia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: